arrebnb

by

Sou esperado noutro lugar    

Estou a viver o contrário do meu sonho utópico, caracterizado pela previsibilidade e pela certeza quanto aos momentos seguintes.

No final de 2018, tinha a perspectiva de sair de onde estou até 30 de Junho. Depois, o projecto transferiu-se para a última semana de Abril. Mais tarde voltou o cenário inicial.

Agora está de novo apontado o momento próximo das efemérides pascais para a transferência.

Haverá que empacotar 400 livros, centenas de pratos, peças de roupa, algum mobiliário e três gatinhos.

Será necessário, para poder passar de uma beirinha do rio Tejo para a outra. A futura casa cabe na sala actual, mas não parece que isso seja um problema.

É mais longe da clínica veterinária, um percalço com o qual haverá que coexistir. E do trabalho, mas não muito.

Pagarei menos, claro. Na verdade, embora indirectamente, a alteração tem a ver com isso.

A especulação imobiliária, ainda que não se reflicta especificamente em mim, faz-me deixar a capital, rumo à cidade mais próxima.

O outro lado aguarda-me.

Write a Comment

Comment